Lo mejor!!!

Cargando...

Servicio de búsqueda personalizada

Búsqueda personalizada

Google+ Followers

Más obras Literarias de Daniel Galatro

Entrevista de Rev. Horizonte a E. A. Patounas


ENTREVISTA PARA A REVISTA HORIZONTE - LEITURA HOLÍSTICA
A Eustáquio Andréa Patounas - Recibida el 8/2/2007

1) COMO COMEÇOU SUA RELAÇÃO COM A UFOLOGIA?

Certa noite do ano de 1961, eu, um menino com quase 10 anos de idade, não me recordo por que, saí pela cozinha de nossa casa para ir até a edícula que ficava nos fundos.
Ao sair, já era noite escura e não muito tarde, senti um calor vindo acima de minha cabeça. Fui impelido a olhar para o alto, e deparei com uma imagem inesquecível: um objeto arredondado, com diversas luzes multicoloridas e parado sobre minha casa. Tinha o tamanho de uma pizza gigante (não sei precisar a que altitude ele estaria, pois minha idade não permitia estes cálculos), e as luzes piscavam alternadamente.
Entusiasmado, voltei para dentro de casa e chamei por meus pais para que vissem o que eu estava vendo. Saímos novamente para o quintal e eles puderam testemunhar o belo objeto que lá continuava parado. Chamamos nossos vizinhos que também ficaram observando, e a seguir fomos todos para a rua para observar melhor.
O objeto permanecia girando sobre seu próprio eixo e assim permaneceu por longo tempo, até que começou a deslocar-se lentamente rumo ao Parque do Ibirapuera. Acompanhávamos eufóricos este deslocamento, quando de repente, o objeto fez três ou quatro zigue-zagues em velocidade indescritível e desapareceu como uma flecha no horizonte. Neste momento, havia pelo menos duas dezenas de testemunhas que ficaram boquiabertas com o fenômeno que acabavam de presenciar. Este foi, aos 10 anos, meu primeiro avistamento consciente de um objeto voador não identificado.

2) VOCÊ É UM CONTATADO? COMO FOI OU É O TIPO DE CONTATO QUE VOCÊ MANTEVE OU MANTÉM AINDA COM OS EXTRATERRESTRES?

No passado, posso dizer que fui, se é que fui...rs. Pode parecer incoerente o que escrevo mas vou tentar expressar-me melhor: eu realmente tive fatos estranhos na minha vida conforme relato em meu segundo livro Memórias de um Kumara e não tenho como explicá-los. Eu realmente, durante muitos anos, ouvi palavras sem som dentro da minha mente as quais transformaram-se em belos textos e ensinamentos, mas eis a questão: eram fruto da minha mente ou alguém as ditava? Hoje, não deixando de admitir a possibilidade de contatos com outras dimensões, acredito que mais de 90% das alegadas "canalizações" nada mais são que acesso ao seu próprio conhecimento.
Atualmente - já há muitos anos - não mantenho nenhum contato, nem com "extraterrestres", nem comigo mesmo, talvez fruto da mudança de concepções e verdades.

3) OS EXTRATERRESTRES JÁ ESTÃO ENTRE NÓS HÁ QUANTO TEMPO?

Os "extraterrestres" são na minha concepção atual, terrestres desconhecidos baseados na imensidão das nossas cordilheiras e nas profundezas dos 3/4 de água do nosso planeta. Se estes vieram de outros planetas num passado longinquo, eu não sei. O que eu sei é que nós, humanos normais, estamos procurando nossa "salvação" e paraíso onde eles nunca estiveram: no espaço.

4) QUANDO A HUMANIDADE TERÁ O CONTATO FINAL COM ESTES SERES? OU SERÁ QUE OS CONTATOS CONTINUARÃO SENDO DE NATUREZA INDIVIDUAL, ISTO É, PARA POUCOS?

A questão deste contato, segundo minha teoria acima exposta, dar-se-á gradativamente conforme aceitemos que estamos sós, não no universo, mas aqui mesmo, na Terra. Ao compreendermos que estávamos procurando o tesouro onde ele nunca esteve, voltaremos a colocar os pés no chão. E, ao fazermos isso, permitiremos que nossa percepção nos ajude a enxergar que o que procurávamos está bem aqui.

5) OS CONTATADOS SÃO CONSIDERADOS "ESCOLHIDOS" OU O CRITÉRIO DOS EXTRATERRESTRES PARA OS CONTATAR É DE OUTRA NATUREZA?

A questão dos "escolhidos" não existe. A questão é mais profunda e inadequada para ser discutida no presente momento. Eu diria que quem está mais atento, percebe. Há uma enorme diferença entre ver, enxergar e perceber. São três ações muito distintas.
Sei que não estou satisfazendo o que todos gostariam de ler, mas sou adepto da citação que "a água aparece quando o poço está pronto"

6) POR QUE HÁ TANTA FRAUDE NA UFOLOGIA? É SÓ DESEJO DE SER CONSIDERADO IMPORTANTE OU PARTE DA CONTRA-INFORMAÇÃO DOS GOVERNOS DAS GRANDES POTÊNCIAS?

Fraudes existem, inocentes e voluntárias, com diversos objetivos: tirar proveito próprio, desviar a atenção para outras direções, manter submissas as pessoas ingênuas.
Outro fator determinante é o ego de muitos pesquisadores, que no afã de adquirirem projeção ou tirar proveito pessoal ou financeiro, sustentam fraudes ou direcionam a pesquisa para onde lhes convém. No que concerne à contra-informação ou acobertamento por parte dos governos, creio que trata-se muito mais de conjecturas do que fatos reais que por ventura queiram esconder do grande público. Existe ainda a questão da segurança nacional das nações, a questão das religiões que não podem perder o domínio sobre seus fiéis, e por aí vai.

7) QUAL A CONFIABILIDADE DE UMA MENSAGEM ENVIADA POR EXTRATERRESTRES ATRAVÉS DE "INSPIRAÇÃO", "MEDIUNIDADE", "CANALIZAÇÃO" OU MEIOS SIMILARES? POR SUA SUBJETIVIDADE ELAS NÃO DEIXAM O INDIVÍDUO (O "CANAL") MUITO EXPOSTO AO RIDÍCULO?

Eu diria que o grau de confiabilidade depende de quem as lê. Se a aludida "inspiração", "canalização", "psicografia" ou como queiramos denominar tiver coerência, somar algo ao nosso conhecimento, ótimo. Não importa se foi sua mente a autora, um "extraterrestre", um espírito, um anjo, um santo ou seja lá quem mais. Temos que reconhecer nosso potencial, nossa própria maestria e capacidade, e assumir isso sem ter que aludir a pretensas entidades externas. É hora de abrirmos os olhos, de despertar para a verdade, de voltar a colocar os pés no chão, de crer que cada um é dono do seu destino, do seu futuro, do seu progresso ou da sua desgraça.

8) QUANDO O CONHECI, NA DÉCADA DE 1990, VOCÊ ERA CONSIDERADO UM "UFÓLOGO MÍSTICO", O QUE, NA ÉPOCA JÁ ERA MOTIVO DE SER TAXADO DE "CHARLATÃO". MAS HOJE, PESQUISANDO PELA INTERNET, VEJO QUE VOCÊ SUPEROU O PRECONCEITO E SE TORNOU UM DOS MAIS INFLUENTES PESQUISADORES NACIONAIS. ISTO SIGNIFICA QUE O PRECONCEITO COM OS CONTATADOS E OS PESQUISADORES HOLÍSTICOS ESTÁ DIMINUINDO?

Eu fui muita coisa e não me arrependo. Eu trilhei, busquei meus caminhos, tropecei, caí, levantei, peguei atalhos errados, enfim encontro-me de bem comigo mesmo, continuo um eterno aprendiz com coragem para assumir publicamente que errei, que falei minhas "verdades" que hoje já não são minhas verdades. O preconceito contra a opção de crenças acabará quando o respeito for entendido. Todos têm o direito e opção de trilhar o caminho que melhor lhes parecer. O que eu torço hoje é que as pessoas tentem canalizar e contatar a si mesmas, fato este muito mais importante que contatar eventuais seres de outros planos e planetas.

9) VOCÊ TEM FALADO E ESCRITO EM DIVERSOS LUGARES SOBRE "UFOLOGIA HOLÍSTICA". É UMA NOVA DENOMINAÇÃO, MAIS ADEQUADA, PARA O SE CHAMAVA ANTES DE "UFOLOGIA MÍSTICA"? A IDÉIA DE PESQUISAS HOLÍSTICAS TEM MUITO A VER COM A PROPOSTA DA "REVISTA HORIZONTE - LEITURA HOLÍSTICA" E APOIAMOS ESTAS INICIATIVAS. NO QUE A UFOLOGIA HOLÍSTICA SE DIFERENCIA DOS DEMAIS SEGMENTOS UFOLÓGICOS, ESPECIALMENTE DA "UFOLOGIA CIENTÍFICA"?

A Ufologia dita científica é na minha opinião o alicerce necessário a qualquer pesquisa. Uma construção tem que ter base sólida para sustentar-se. Tendo o alicerce, o pesquisador pode desenvolver o projeto usando toda a sua criatividade, agregando o que achar conveniente. A visão ampla de um fenômeno é o que chamamos de visão holística (do grego holos=todo). Todas as possibilidades devem ser analisadas, mesmo que depois seja descartada a maioria delas.

10) QUAL É O OBJETIVO A LONGO PRAZO DO GRUPO QUE VOCÊ DIRIGE, O SOCEX?

A Socex visa esclarecer, desmitificar, desmistificar o fenômeno e suas derivações. Fundada em 1º de agosto de 1991, é uma das poucas entidades de pesquisas que tem estatutos, CGC e é declarada de utilidade pública por Lei.

11) E SEU PROGRAMA NA TV FLORIPA - CANAL 4 DA NET? COMO É RECEPTIVIDADE DO PUBLICO À PROPOSTA DO PROGRAMA "VIDA INTELIGENTE"?

Meu programa é diferenciado, está há um ano e meio no ar, é feito ao vivo e tem uma hora de duração. Os temas abordados (vide
www.vidainteligente.blogspot.com ) são Astronomia, Astrofísica, Ciências Espaciais e Atmosféricas, Exobiologia, Cosmologia, Ecologia e Meio Ambiente, Tecnologias e outros assuntos correlatos. A proposta é levar esclarecimento e diferenciação da mesmice das TVs abertas.

12) AGRADECEMOS SUA GENTILEZA EM CONCEDER ESTA ENTREVISTA. GOSTARÍAMOS DE DEIXÁ-LO À VONTADE PARA SUAS CONSIDERAÇÕES FINAIS E PEDIMOS PARA QUE DEIXE UMA MENSAGEM DE MOTIVAÇÃO A NOSSOS LEITORES, QUE PARTICIPAM ATIVAMENTE DO PROCESSO EDITORIAL DA REVISTA, COM SUAS OPINIÕES, CRÍTICAS, SUGESTÕES E COLABORAÇÕES:

Que todos os leitores estejam abertos a novas descobertas, que tenham humildade de reconhecer erros e recomeçar, que analisem todas as possibilidades com isenção e que respeitem uns aos outros. Precisamos de união e não de cisões egóicas. Somos todos aprendizes e dependemos uns dos outros para juntos, conseguir as respostas que tanto desejamos.
Obrigado e um fraterno abraço

Museo sobre la Creación según la Biblia

INAUGURAN MUSEO SOBRE LA CREACIÓN SEGÚN LA BIBLIA
Se representa literalmente en función del relato religioso y se deja completamente de lado toda teoría científica, incluyendo el evolucionismo.
***
Cincinnati, EUA.- Fundamentalistas de la biblia inauguraron hoy un museo en Estados Unidos para presentar “científicamente” a los visitantes la historia de la creación según ese libro religioso. Miles de investigadores intentaron con su firma evitar la apertura de la institución en Petersburgo, Cincinnati.

En tanto que decenas de constitucionalistas protestaron contra lo que catalogaron como una “mentira”. En la puesta ideada por los creacionistas del grupo “Answers in Genesis” (Respuestas en el Génesis) se representa la creación del mundo literalmente en función del relato bíblico y se deja completamente de lado toda teoría científica, incluyendo el evolucionismo.

En más de 5.000 metros cuadrados, puede verse de esta forma cómo el mundo fue creado en seis días y cómo Adán y Eva convivían pacíficamente con el tiranosaurio rex en el Jardín del Edén hasta que probaron la manzana de la tentación.

El periódico “Los Angeles Times” publicó hoy un comentario en el que llamó la atención sobre el hecho de que el museo presenta como “científicas” teorías que eran populares en la época de Colón.

Notimex
En Milenio.com - 28/5/2007

Ovnilogía y fenomenología paranormal en Chile y Argentina

Estimados amigos interesados en el tema OVNI y paranormal:


Más abajo les presentamos alternativas de información respecto a los temas OVNI y paranormal tanto de Chile como de Argentina y otros países porque queremos que Uds. tengan la posibilidad de informarse mejor y de buena manera. Queremos que todos aquellos que tienen un genuino interés en estos temas puedan llegar a saber de qué se trata todo esto y por ello les presentamos estos links que esperando que allí descubran mucha información de gran valor la que normalmente no está presente en sitios clásicos nacionales.
Tenemos la esperanza que todo nuestro trabajo les sea realmente de utilidad.
Si Uds. conocen de otros grupos o páginas webs o foros webs que Uds. quieran mencionar o incluir así como información alternativa, por favor avísennos a

esiomajb@gmail.com que con gusto lo agregaremos a las listas ya conocidas, sean del tema OVNI, lo paranormal, la parapsicología, lo espiritual relacionado a estos temas o lo que sea. Si además poseen casos personales que quieran ser atendidos de una manera más dedicada pues creen que es necesario, porfavor escríbannos que los atenderemos con gusto según cada caso.

***
Adjuntamos más abajo
links de páginas web informativas, foros web, foros grupos yahoogroups o googlegroups, y otros ovnílogos chilenos.


Del mismo modo recibiremos contentos, críticas, sugerencias, consultas lo que sea.
La idea es que crezcamos todos juntos y así también mejorar nuestra comprensión de estos temas.
Como mensaje final, simplemente decir que por nuestra experiencia podríamos proponerles que lo importante no es tanto prestar ateción sólamente a los OVNIs y/o fenómenos asociados sino más bien lo que hay detrás de todo eso, es decir, la razón por la cuál estas manifestaciones se presentan y qué significa todo esto. Para algunos de nosotros la conclusión es que detrás de todo esto existen otros seres inteligentes coexistiendo con nosotros y algunos incluso presentándose e interactuando. Para aquellos que ya descubrieron esto último, los invito a preguntarse quién creo a estos otros seres en parte "desconocidos". Personalmente creo que todos somos hijos de DIOS, hijos del mismo CREADOR! Esto nos invita a mayores interpretaciones trascendentales. Dejo abierta la invitación a Uds.!
Sean bienvenidos!
Muchas gracias

Atte. Michel

esiomajb@gmail.com

PD: incluímos además algunos de los sitios web tradicionales

***************
1) páginas web y blogs de investigadores o interesados en el tema OVNI y lo paranormal:
a) Internacionales

***
EL FUEGO DEL DRAGON, BOLETIN MENSUAL DE OVNILOGIA, Argentina
El Dragón Invisible, Argentina
http://dragoninvisible.com.ar
Carlos Alberto Iurchuk

iurchuk@netverk.com.ar

***

ARCHIVOS FORTEANOS LATINOAMERICANOS, Argentina
http://www.aforteanosla.com.ar

***

PROYECTO CATENT
http://www.aforteanosla.com.ar/catent%20proyecto.htm

***

NUESTROS FORÁNEOS
http://www.aforteanosla.com.ar/orestes.htm

***
Planeta UFO

http://dragoninvisible.com.ar/planeta.htmhttp://ar.groups.yahoo.com/group/planeta_ufo

***
ARCANA MUNDI – SCOTT CORRALES
http://www.aforteanosla.com.ar/scott.htm

***

AL FILO DE LA REALIDAD – GUSTAVO FERNÁNDEZ, Argentina

http://www.alfilodelarealidad.com.ar/ http://www.aforteanosla.com.ar/fernandez%20afr/home.htm

***
Foro ALUZ Información, España

http://www.aluzinformacion.com/http://aluzinformacion.al-foro.com/

***
b) Nacionales, Chile

***
LILIANA NÚÑEZ DESDE CHILE AL MUNDO, Chile
http://www.aforteanosla.com.ar/desde%20chile.htm

***
Sitio de Don Maor, Chile
http://donmaor.blogspot.com

***

Sitio de Elyzabeth Ramirez, Chile
http://ovnisrancagua.blogspot.com/

***

IIEE de Chile con Raúl Nuñez, Chile
http://www.iiee.cl/

***

Andesenios, Camilo Valdivieso y otros, Chile
http://www.andesenios.net/

***

La Nave de los Locos, Chile
http://navelocos.blogspot.com/
http://www.lanavedeloslocos.cl/
http://www.lanavedeloslocos.tk/

***
Grupo CIO, Chile
http://www.cio.cl/

***

Oscar Castro de CIO, Chile

http://noticieroovni.blogspot.com/

***
Grupo OVNI, Chile
http://www.ovni.cl/

***

Grupo CIFAE o OVNIAVENTURA, Chile
http://www.ovniaventura.cl/

***

Grupo CIFAE, Chile
http://www.ciufo.cl/

***

Grupo AION, Chile
www.aion.cl

***

Grupo Ufología Valparaíso, Chile
http://www.cifov.cl/

***

Grupo Ufología Concepción, Chile
www.ufologia.cl

***

Grupo conducido por Roderick Bowen y otros, Chile
www.actualidadespacial.cl

***
Agrupación Canopus, Marcos González, Chile

acanopus@gmail.com

***
Grupo GOFA, Chile

http://gofaa.galeon.com

***
Revista TOC / Tecnología, OVNIs y Ciencia, ChileRevista Electrónica de Divulgación del Fenómeno OVNI y la relación con la Tecnología Militar

http://www.toc.cl

***

Ex-Página ESIO (Equipo Superior de Investigaciones Ovnilógicas), Chile

http://www.gratisweb.com/esio_chile/

***

Exploradores Galácticos, Chile

cionufo@gmail.com

***

Blog de Michel Jordan, Chile

http://esiomajb.blogspot.com

***

2) a todos los interesados en el tema OVNI y lo paranormal y que quieran participar más activamente en foros internet relacionados, les indico los siguientes:
***
http://s2.elforo.de/ufos
***
http://dossierovni.foroportal.us

***

http://s1.elforo.de/saras/

***

www.elforo.de/ovni2

***

http://miarroba.com/foros/ver.php?id=1138586

***

http://ufologia.foros.ws/

***

http://www.tiwy.com/foro/esp.phtml?f=33

***
http://aluzinformacion.al-foro.com/

***
http://s2.elforo.de/ufos

***

http://dossierovni.foroportal.us

***

http://s1.elforo.de/saras/

***

www.elforo.de/ovni2

***

http://miarroba.com/foros/ver.php?id=1138586

***

http://ufologia.foros.ws/

***

http://cifaeovniaventu.foros.ws/viewforum.php?f=1&sid=b5fb224ed7b07d748ceeade50b8bde44

***

http://www.tiwy.com/foro/esp.phtml?f=33

***

3) foros grupos yahoogroups o googlegroups

***
Otras Inteligencias

http://es.groups.yahoo.com/group/otrasinteligencias

***
Planeta UFO, Argentina

http://ar.groups.yahoo.com/group/planeta_ufo

***


Foro Aluz

http://aluzinformacion.al-foro.com/

***


Ovnilogía y espiritualidad

ovnilogiayespiritualidad-subscribe@yahoogroups.com

***
4) otros ovnílogos chilenos

***
Luis Altamirano, Chile
http://luchoaltamirano.blogspot.com/

UFOs, OVNIs, etc. - correspondencia Abril/2007

30/4/2007

Si usted es un abducido o ya sufrió lo que llamamos de un rapto por alienígenas, su lugar es entre aquellos que sufrieron las mismas experiencias y quieren compartir con nosotros para comprender mejor este asunto. Venga para nuestro grupo a debatir en circuito restricto enviando un correo electrónico para:
http://br.f562.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=abduction_group-subscribe%40yahoogrupos.com.br
explicando porque quiere participar. Un abrazo

Caro (a) amigo (a):Se você é um contatado ou já sofreu o que chamamos de abdução (rapto por alienígenas), seu lugar é entre aqueles que sofreram as mesmas experiências e querm compartilhar para compreender. Venha para nosso grupo restrito de debates, enviando um e-mail para:
http://br.f562.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=abduction_group-subscribe@yahoogrupos.com.br
explicando porque quer participar. Grande Abraço

Existe vida extraterrena inteligente?
Se a vida evoluiu na Terra por acaso, então por que não em outros lugares? A possibilidade de algum outro ser possuir ciência e tecnologia mais avançadas que as nossas é extremamente empolgante para a humanidade: nós não estaríamos sozinhos no Universo! Robert Jastrow, fundador e por muitos anos diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais (que exerceu um papel-chave nos projetos das sondas espaciais Pioneer, Voyager e Galileu), sugeriu que a vida teria se desenvolvido em alguns planetas 10 bilhões de anos antes de acontecer aqui na Terra. Esses seres poderiam estar além do homem na escala evolucionária – assim como o homem se encontra à frente dos vermes – e apareceriam como deuses para nós quando os encontrássemos: um pensamento emocionante mas também aterrorizante. Sérios esforços internacionais têm estado em funcionamento durante os últimos anos visando contatos com inteligências extraterrestres (IETs). Nos Estados Unidos, o programa foi chamado de Busca de Inteligência Extraterrestre (Search for Extraterrestrial Intelligence – SETI). Várias nações investiram pesado no envio de sinais de rádio ao espaço e na captação de algum retorno dos mesmos. A sonda espacial Voyager, que já deixou nosso sistema solar para se aprofundar mais no espaço, carrega a seguinte mensagem num disco de ouro fixado no seu exterior, pois esperava-se que alguma vida amiga o encontrasse e fizesse contato com a Terra em resposta: Nós lançamos esta mensagem no Cosmo... isto é um presente de um pequeno, distante mundo... Esperamos que algum dia tenham resolvido os problemas que enfrentamos, para reunir uma comunidade de civilizações galácticas. (Assinado) Jimmy Carter, presidente dos Estados Unidos da América, 16 de junho de 1977. Crê-se popularmente que seres de outros planetas já teriam visitado a Terra por algum tempo em naves espaciais cuja composição e propulsão nossos cientistas não podem explicar. Essas naves foram batizadas de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs). Milhares de aparições são reportadas anualmente no mundo inteiro, a maioria das quais tendo alguma explicação terrestre. Isso ainda deixa numerosas aparições que, sob cuidadosa investigação, parecem indicar que alguma coisa "não deste planeta" está nos visitando, por razões desconhecidas. Tem havido várias investigações governamentais dos OVNIs. Os resultados permanecem em segredo. De acordo com os arquivos liberados conforme a Lei de Liberdade de Informação, o FBI foi envolvido na procura por evidências em supostos locais de acidentes com OVNIs. Numa carta datada de 27 de setembro de 1947, entretanto, o diretor do FBI, J. Edgar Hoover, escreveu para o Ministro da Aeronáutica, George C. McDonald, que estava orientando o órgão governamental a "suspender toda a atividade de investigação relativa às aparições reportadas acerca de disco voadores", e que as dúvidas fossem apresentadas à Força Aérea.(1) Contudo, o FBI continuou envolvido no processo. Considere o memorando interno do FBI, datado de 2 de outubro de 1962, de W. R. Wannall para W. C. Sullivan: "Aparentemente não se faz necessário dar instruções adicionais... relativas a discos voadores. Esta matéria será novamente revisada por volta de 3 de outubro de 1963."(2) Arquivos do FBI, dos quais tenho cópias, incluem numerosas reportagens sobre misteriosos objetos voadores, vistos por observadores competentes, incluindo pilotos da Força Aérea e pessoal do FBI. A grande velocidade dos objetos, a ausência dos meios de propulsão conhecidos na Terra, e manobras impossíveis para naves terrestres indicam origem extraterrestre. Os relatos quase sempre incluem observações sobre marcas deixadas por um objeto pesado, bem como áreas queimadas e radioativas onde os OVNIs supostamente teriam aterrissado. Um memorando do Diretor Executivo da CIA (cuja data foi apagada) para o Diretor da Central de Inteligência afirma: Relatos de incidentes nos convencem de que algo está acontecendo e precisa de atenção imediata. Os detalhes de alguns desses incidentes têm sido discutidos pelo AD/SI com DDCI. Aparições de objetos inexplicáveis a grandes altitudes e viajando a grandes velocidades nas proximidades de uma importante instalação americana de defesa são de tal natureza que não são atribuíveis a fenômenos naturais ou a tipos conhecidos de veículos aéreos.(3) Contradições: fatos X pesquisadores: Alguma possibilidade de que vida inteligente tenha evoluído por acaso na Terra ou em qualquer outro lugar pode ser rapidamente descartada. O eminente astrônomo britânico Sir Fred Hoyle salienta que "mesmo se o Universo tivesse consistido, a princípio, de um caldo orgânico" do qual a vida seja feita, a chance da produção das enzimas básicas da vida pelo acaso, sem um norteamento inteligente, pode ser aproximadamente de uma em 10 seguido de 40.000 zeros. A impossibilidade desse número pode ser vista na seguinte ilustração. A probabilidade de se "estender a mão" ao acaso e apanhar um átomo específico do Universo seria de cerca de 1 em 10 seguido de 80 zeros. Se cada átomo deste Universo se tornasse num outro Universo, a chance de "estender a mão" a esmo e pegar um átomo desses universos seria de cerca de 1 em 10 seguido de 160 zeros. Então Hoyle explica por que essa teoria completamente impossível ainda é respeitada, e acusa os evolucionistas de interesse-próprio, pressão injusta, e desonestidade: Essa (impossibilidade matemática) é bem conhecida dos geneticistas e ainda assim ninguém parece dar um basta final à teoria... por causa do seu peso sobre o sistema educacional... ou você crê nos conceitos ou será visto como herege.(4) Em Chance and Necessity (Acaso e Necessidade), o biólogo molecular Jacques Monod forneceu uma dúzia ou mais de razões pelas quais a evolução não pode ter ocorrido. A característica essencial do DNA, por exemplo, é a perfeita réplica dele mesmo. A evolução só poderia ocorrer diante de uma falha no DNA, e é absurdo imaginar que uma única célula tenha evoluído, muito menos o cérebro humano, por uma série de falhas prejudiciais no DNA. E, ainda assim, após ter apresentado várias razões pelas quais a vida não poderia ter surgido por acaso, Monod concluiu que ela tem que ter surgido por acaso. Monod não possui uma razão válida para sua "fé". Ele simplesmente rejeita aceitar a criação divina. O paleontologista do Museu Britânico de História Natural, Colin Patterson, declara: Evolucionistas, assim como os criacionistas... nada mais são do que pessoas que crêem. Eu tenho trabalhado nesta questão (evolucionismo) por mais de vinte anos, e não havia qualquer coisa que eu soubesse a esse respeito. É chocante descobrir que alguém pode ser enganado por tanto tempo."
Veja nossa chamada em:
http://www.youtube.com/watch?v=dPS7Nl-jFe0
Veja nossa abertura em: http://www.youtube.com/watch?v=HTRfCY1XR5k
Eustáquio Andréa Patounas

Os Contos de Fadas - Rudolf Steiner
http://www.esnips.com/doc/2880a879-743c-4e4f-b25b-0e23c3be399d/Rudolf-Steiner---Os-Contos-de-Fadas

Óvinis - Materialização - Visto os últimos acontecimentos em destaque nos jornais da França, em que a Ufologia é tratada com seriedade, vale também lembrar um dos maiores acontecimentos ufológicos ocorrido na cidade de Casemiro de Abreu-RJ nos anos oitenta. Na época o parapsicólogo sensitivo e pesquisador de ufologia Arildo Benacchi, previa a descida de um disco voador de Júpiter trazendo quatro terrestres sugados por engano pelos homens do espaço, sem que dificilmente fossem eles vistos por atingirem um estágio evolutivo, muito acima do nosso mundo. Admitia que os discos ou extraterrestres controlassem o fenômeno da materialização, vivendo numa energia sutil fora do nosso espectro visível, pois que só enxergamos corpos materializados. Arildo Benacchi cita ainda com exemplo “Se você queima um algodão um pouco de gasolina ou cortiça, que você vê, ela não se perde, mas se transforma em uma energia calorífica, que você passa a não ver, mas ela existe”. Assim também as energias espirituais, como as vozes recebidas no trabalho Transcomunicação, por aparelhos eletrônicos, serem ondas oriundas de campos magnéticos, captadas por mundos outros, fora do nosso plano, mostrando seus efeitos físicos a toda hora. Dizemos que Netuno, Saturno, Marte qualquer outro planeta não tem vida, isto é, vida animal, física biologia, tridimensional, como a vida na terra, mas pode ter vida sutil tetradimensional e não palpável aos nossos olhos, pois que eles existem e mostram seus efeitos físicos a toda hora. Dizemos então, que eles venceram a barreira do espaço tempo, e se deslocam sem obstáculos naturais. É um exemplo que me leva a crer que os discos voadores sào mateializados pelos extraterrestres, quando surgem no ceu do nosso planeta. Espíritos - Extraterrestres: Espírito e extraterrestre são entidades fora do nosso plano, mas com uma diferença: os espíritos são pessoas que já conviveram conosco e se encontram em mundos outros de acordo com suas evoluções espirituais. Consta que estão nos planetas Júpter Órion, Luz; Karmar; Fluxo doTempo, e muitos outros. Os extraterrestres, alguns até nem chegaram a viver no nosso mundo, pertencem a uma categoria de espíritos evoluídos cuja finalidade é de ajudar o nosso mundo, dependendo somente das vibrações energéticas .A tecnologia aponta para uma gráu elevado de conhecimento muito acima do nosso. Materializam os objetos voadores estendendo sobre uma esteira vibratória com formas deferenciadas. A localização se dará de acordo com ordens superiores. Por este motivo, é que são vistos em várias partes e de foramos diferentes.O que expomos aqui, são revelações obtidas por contatos telepáticos e pela Transcomunicação.Temos àudios que nos levam a crer na existência destas criaturas enigmáticas para uns, verdadeiras para outros. Paz e Luz. Deires

Que os homens se convençam que nada sabem, que almas pouco sabem e que o discernimento é a única forma de se evitar interpretações errôneas. Voltemos à nossa lida cotidiana, deixando cada qual no seu lugar. Jamais houve quem tivesse voltado e não será agora que alguém voltará. O grande alarde foi falso e apenas serviu como lição (se é que serviu). O Cristo, (não Jesus) está entre nós desde Fevereiro de 1949, início da Era de Aquário. No momento adequado, se fará conhecer, não com pompas de Salvador, mas com a maestria da simplicidade. E esta geração será privilegiada para conhece-lo. Quanto aos discos voadores, cuja origem é terrena, também em breve espaço de tempo estarão singrando pelos céus do planeta, assim como o fazem hoje nossos aviões.
Veja nossa abertura em: http://www.youtube.com/watch?v=HTRfCY1XR5k

29/4/2007

"Conexões Mentais"
http://svmmvmbonvm.org/conexment.pdf

Alguém aqui na lista comentou sobre Gaiola de Faraday. Como transcomunicadora e tendo conhecimento deste assunto, envio o anexo, para melhor compreensão do assunto.Trata-se de um invento do conhecido ufólogo e telepata amigo, Lafayette Cyríaco, residente em Macaé, Rio de Janeiro e Co-Editor da revista "Ufo-Informe", editado em americana-SP. As Gaiolas sào feitas de tela metálica toda fechada em todos os lados.Uma porta se adentra a Gaiola onde há uma cadeira Neste recinto, poder-se-à ouvir mensagens de extraterrestres. Diz ele: Lafayette: " O emprego dos aparelhos constitue uma novidade no que respeita à parapsicologia ou ufoogia Nào tenho conhecimento de, antes de mim, alguém ter feito essas esperiências. No seu interior fica-se protegido de qualquer tipo de radiaçào ou ondas eletromagnéticas. Em decorrência, as recepçòes enviadas por extraterrestres ou espíritos, chegam melhores, porque o receptor está protegido dessas influências, qe envolvem o ambiente.
Deires

28/4/2007

OVNI sobre as pirâmides
Rosfer Editorial
rosfer@uol.com.br

Polysics - DEVOlução

Como destruir a Terra em cinco idéias

NASA redescobre a lendária ponte de Rama
http://eol.jsc.nasa.gov/scripts/sseop/photo.pl?mission=STS033&roll=74&frame=74 http://eol.jsc.nasa.gov/scripts/sseop/photo.pl?mission=STS033&roll=78&frame=73
http://eol.jsc.nasa.gov/scripts/sseop/photo.pl?mission=STS059&roll=229&frame=25

27/4/2007

OVNI filmado em Imperatriz-MA 04/2007Cinegrafista profissional filma OVNI no interior do Maranhão.
http://www.youtube.com/watch?v=yLmgA0B7MjI

26/4/2007

Cómo prevenirse para una invasión extraterrestre
http://oglobo.globo.com/ciencia/mat/2007/04/25/295509866.asp

25/4/2007

Considerado um clássico da casuística brasileira, o barbeiro aposentado e artesão Geraldo Bichara alega ter sofrido uma abdução no dia 26 de agosto de 1962, enquanto montava guarda na 13º Circunscrição Militar de Três Corações (MG), na Escola de Sargentos das Armas (ESA). O caso foi pesquisado pelo advogado e professor universitário Ubirajara Rodrigues e foi divulgado na revista Ufo nº 05 e no livro de "Na pista dos UFOs", de autoria de Ubirajara Rodrigues (Biblioteca Ufo).
www.painelovni.com.br/tv

24/4/2007

Ontem, às 22:27 hs, após sair da empresa que trabalho e fica na Avenida Interlargos, já no interior do ônibus urbano, depois de passar pela Rua Alba e entrar em uma rua (acho que o nome é Jurupirim ou algo assim), vi algo diferente no ar.
Estava sentado do lado esquerdo do ônibus, tendo parte do aeroporto de Congonhas visível, quando observei uma luz vermelha intensa pulsante sobrevoando as casas à uma altura aproximada de 20 metros. A distância do objeto para o ônibus era de no máximo 100 metros. Não percebi ruído do mesmo, mas havia muito barulho no interior do ônibus (trepidação).
O ônibus deveria estar perto dos 50 kms por hora, a trajetória do objeto era em diagonal ao coletivo, e em quatro segundos ele cruzou a trajetória do ônibus.
O tamanho aproximado do objeto era a da lâmpada maior dos semáforos de trânsito, não tinha qualquer outra lâmpada visível.
Também não consegui observar o contorno do objeto.
O céu estava límpido naquela parte do caminho.
Forte abraço,
Mauro


Saiu na última sexta-feira (dia 20) uma reportagem conosco sobre Ufologia e o I Encontro Ufológico no Jornal Folha de AlphaVille....abaixo esta link:
http://www.folhadealphaville.com.br/site/cotidiano/cotidiano_materia_8134_folha.asp
com Paulo Aníbal.

23/4/2007

Ha algo surpreendente por aqui, que venho observando há poucos anos, chegando ao extremo de até mesmo um aparente extinção de outro tipo de inseto que são as moscas. Isto ao que me parece está ocorrendo em regiões inteiras, principalmente onde resido e pelos estados que tenho viajado. Seria algo positivo se corolário a isso não houver algum fator climático, ou de qualquer outra ordem, que possa também estar causando, ou vir a causar danos à população humana. Observei ha mais tempo (antes de aparente colapso desses insetos) algo curioso, enquanto freqüentando praias, quando repousava nas areias da praia, observava em quase a totalidade das moscas, falta de partes de membros, etc. Claro que me chamou inicialmente atenção para constatar tais anomalias, a forma entranha como se comportavam tais insetos. Santram

Escritos da Maturidade - Albert Einstein
Link para download:
http://www.esnips.com/doc/8998e5e7-b334-4910-b85f-8fb7058a30c8/albert-einstein–sobre_a_liberdade

Novo barco fantasma é encontrado na costa da Austrália
Guarda-costeira encontra segundo barco sem tripulação no meio do mar.Suspeita agora é que barco se soltou do cais.
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL25753-5602,00.html


Círculos nas plantações: agora em cores

Abelhas, celulares, Einstein e o Apocalipse


ENTENDENDO A EXISTÊNCIA DE SERES EXTRA-TERRESTRES E UFOS
Francisco Claussen

A tendência dos relatos de raptos de seres humanos por alienígenas passou a mudar a partir de um determinado momento, em 1966, com a famosa história de Barney e Betty Hill, que deu origem à publicação do livro A Viagem Interrompida. Nele era relatada a suposta abdução do casal de New Hampshire, cinco anos antes. Quando a saga dos Hill chegou aos meios de comunicação, foi aberta a temporada dos raptos ou, mais propriamente, dos relatos de raptos. Os elementos da história de Barney e Betty e de outra semelhante, contada pelo brasileiro Antônio Villas-Boas, que afirmava também ter sido raptado em 1957, logo começaram a aparecer num número cada vez maior de relatos feitos aos ufólogos e, às vezes, à imprensa. Várias dessas ocorrências eram aparentemente muito anteriores à experiência dos Hill e de Villas-Boas, mas teriam sido mantidas em segredo pelos raptados. Só depois de observar a atenção dada a esses casos é que os indivíduos envolvidos teriam se sentido confiantes o bastante para admitir publicamente suas próprias experiências. Da mesma forma que surgiam cada vez mais relatos de abdução, algumas poucas viagens a outros mundos passaram a ser descritas por testemunhas. Mas nenhuma com tantos detalhes quanto a supostamente feita por uma mulher da Nova Inglaterra (EUA), chamada Betty. Ela teria sido contatada por seres extraterrestres pela primeira vez aos sete anos, e de novo aos 12. Segundo suas lembranças, depois de terem chegado ao planeta a que fôra conduzida eles a puseram numa poltrona dentro de uma nave esférica de vidro, que imediatamente mergulhou num ambiente aquático. O veículo veio à tona dentro de um túnel gélido, em parte recoberto por incontáveis blocos cristalinos. Dentro destes havia figuras humanas imóveis, incrustadas como insetos em âmbar e vestidas com roupas de eras passadas. Após devolverem a menina à Terra, os alienígenas fizeram-na esquecer suas viagens, que só foram recuperadas hipnoticamente. Outra dessas interessantes histórias revela o rapto de um ser humano e sua rejeição pelos alienígenas. Foi o que aconteceu ao petroleiro Carl Higdon, então com 40 anos de idade, que fazia uma caçada na floresta Medicine Bow, no Estado norte-americano do Wyoming, na tarde de 25 de outubro de 1974. Avistando um alce macho e quatro fêmeas, mirou no macho e atirou, mas a bala chegou até uns 15 m adiante e caiu abruptamente. Higdon foi recuperá-la e descobriu entre as árvores aquela espécie de homem, ali parado. A presença da figura humanóide, que se identificou como Ausso, deve ter sido impactante, pois quando ele mostrou a Higdon uma caixa de comprimidos, de onde o petroleiro engoliu um sem questionar. Quando a nave partiu, segundo Higdon, ele ficou olhando para a Terra, que se afastava gradualmente. Então, quase de imediato, pousaram numa superfície escura, que ele supôs que fosse o planeta do alienígena. Lá chegando observou que cinco seres de aparência humana conversavam e não se aperceberam de sua chegada. Ele teve pouco tempo para observar a cena, pois logo foi levado para uma sala de exames. Lá chegando, Ausso passou um grande escudo sobre o corpo de Higdon e disse: “Ele não serve para o que precisamos”. Mais tarde, Higdon especulou que fora rejeitado porque, como fizera uma vasectomia, não servia para reprodução. De volta ao cubo viajante, em pouco tempo ele se viu novamente na floresta, duas horas depois de ter disparado sua arma contra o alce. “Os raptos abriram o mistério dos UFOs como um ovo cósmico”, declarou o ufólogo e investigador de abduções David Jacobs, professor da Universidade de Temple. “Neles vemos como é a vida alienígena e a exploração da raça humana. Os aliens estão realizando experiências genéticas com homens e mulheres selecionados”. Outros estudiosos acreditam que as abduções representam muito mais do que sabemos ou podemos imaginar. Para alguns, os UFOs sequer são espaçonaves. De qualquer forma, o período dos anos 70 até o início dos 80 foi fértil em matéria de histórias de raptos por seres extraterrestres. Só em 1975 surgiram 25 casos. Em 1979, 27 casos vieram à tona e mais de 40 foram registrados em cada um dos dois anos seguintes. Havia tantas histórias de norte-americanos que afirmavam ter sido raptados por discos voadores que o assunto estava assumindo proporções de fenômeno psicossocial. Assim, brotaram em diversas partes do país grupos de apoio nos quais supostas vítimas de seqüestro faziam discussões terapêuticas de seus problemas. Foi criada até uma conferência anual para os raptados, reunida pela primeira vez em 1980 na Universidade de Wyoming, sob os auspícios de um pioneiro ufólogo, Leo Sprinkle, que freqüentemente servia como consultor da extinta Aerial Phenomena Research Organization (APRO). Em 1991, 137 pessoas participaram da conferência, que acontece até os dias de hoje. Estava criada, naquela época, a cultura dos contatados, que se acredita serem pessoas escolhidas por ETs e que com eles se encontram uma ou várias vezes. Hoje em dia há milhares de pessoas em todo o planeta que alegam estar em contato permanente com seres extraterrestres. Para tentar impor um pouco de ordem à profusão de incidentes com extraterrestres que eram relatados naquela época, o astrofísico J. Allen Hynek, conhecido pesquisador e fundador do Center for UFO Studies (CUFOS), desenvolveu no início dos anos 70 uma classificação hierárquica de tipos de contatos com ETs. Seu sistema começava com três categorias inferiores de visões de UFOs à distância. A mais simples era a visão de luzes no céu noturno, seguida por discos avistados à luz do dia e por visões apoiadas por leituras de radar. As categorias mais importantes eram os envolvimentos diretos, que ele chamou de contatos imediatos ou CI. Um CI 1 era a visão de um UFO a não mais de 180 m de distância, sem qualquer interação entre ele e o observador ou o ambiente. Um CI 2 era aquele tipo de caso em que fossem registrados efeitos físicos discerníveis atribuídos a UFOs, tais como vegetação esmagada ou queimada em campos cultivados ou o colapso de sistemas elétricos. Já o CI 3 era o caso em que seres alienígenas eram vistos em suas naves, ou próximos a elas. A Força Aérea Norte Americana (USAF), depois de acompanhar por longo período essas histórias, achou que era tempo perdido ficar examinando todos aqueles relatos de avistamentos de UFOs e concluiu que seria muito mais útil, naquele momento, centrar suas atividades na missão de monitoramento da União Soviética, pois era época da Guerra Fria. Segundo os relatórios que emitiam, as pesquisas da USAF pouco haviam encontrado de palpável sobre naves e seres alienígenas. Em vez disso, seus investigadores partiam do princípio de que a maré de visões de discos voadores era o resultado direto do rápido avanço da tecnologia na época, da constante tensão política e de grandes sucessos radiofônicos ou cinematográficos, como Guerra dos Mundos, de Orson Wells. Para os céticos, esses relatos – que muitas vezes incluíam sessões de exames físicos e mesmo fecundação por ETs – não passavam de alucinações. Por outro lado, alguns pesquisadores mais ousados já teorizavam que, se as histórias de raptos fossem verdadeiras, talvez os alienígenas estivessem desenvolvendo estudos dos humanos a longo prazo, e realizando experiências genéticas na esperança de criar um híbrido humano-alienígena. Essa hipótese foi bastante aproveitada pela TV, como na conhecida série Arquivo X, em que seus autores, na ânsia de aproveitar o germe de visitas extraterrestres que ficou inculcado na humanidade ao longo dos tempos, criaram programas bem amparados em recursos virtuais – embora muitos deles não apresentem um fim definido, deixando simplesmente o epílogo por conta da sensibilidade do telespectador que, imbuído na sua crença, idealizava uma continuação da historia. Enquanto personagens como Hynek pressionavam o governo dos EUA para que os UFOs fossem estudados com mais seriedade, outros cientistas apareciam com novas hipóteses para explicar o fenômeno como um todo. Alguns diziam que se tratava de um problema psicológico. Alegava-se, por exemplo, que a maioria das pessoas que observam UFOs tinha deficiência de status, ou seja, que suas posições na vida não correspondiam às suas expectativas. Segundo esse raciocínio, o relato de avistamentos de naves e ETs podia ser gratificante para elas, porque passariam a se sentir mais importantes. Outras hipóteses foram sendo emitidas sobre o problema das visitas extraterrestres. Alguns pesquisadores – verdadeiros céticos – inspiraram-se em cientistas como o falecido Donald Menzel, um astrônomo de Harvard que, nos anos 60, afirmara que todas as aparições de UFOs se resumiriam a uma fraude descarada, a algum fenômeno natural ou a um efeito atmosférico incomum. Segundo essa definição simplista, as lembranças de um encontro com alienígenas não passariam de uma aberração mental de observadores perturbados. Uma interpretação psicológica mais complacente foi proposta, pela primeira vez, por ninguém menos que Carl Jung, psiquiatra famoso que estudou com Sigmund Freud e depois fundou seu próprio sistema de psicanálise. Jung achava que as histórias de visitantes alienígenas brotavam do fundo do inconsciente coletivo da humanidade. Para ele, os viajantes espaciais seriam uma emanação de antigos temores e desejos humanos, atualizados para as mentes do século XX. Seriam anjos e demônios em trajes espaciais. Essa equivalência, como se pode entender, tem duas faces. Ou os visitantes alienígenas seriam mitos modernos, ou, como o próprio Jung admitiu, os discos voadores podiam ser espaçonaves reais, feitas de porcas e parafusos, que deram origem ao arquétipo ao longo dos séculos. Essa última alternativa, é claro, é até hoje a preferida de muitos entusiastas da Ufologia, que afirmam sem rodeios que o Fenômeno UFO é exatamente o que parece ser – os discos voadores são de fato naves alienígenas do espaço sideral, pilotadas por seres com muito mais miolos e conhecimento tecnológico do que nós. Mas as posições dos ufólogos se dividem quanto às abduções, como podemos observar nos dias de hoje. Alguns vêem os relatos de raptos como fantasias complexas e às vezes absurdas, que interferem no bom andamento da pesquisa ufológica legítima – ou como indícios, de essência irrelevante, de um fenômeno totalmente diferente. Outros pesquisadores até defendem uma posição diametralmente oposta e acreditam que os relatos de contatos imediatos com alienígenas são a chave para compreensão do fenômeno ufológico. Enquanto os cientistas tentam encontrar uma explicação natural aceitável para as abduções, ufólogos mais entusiasmados esforçavam-se para identificar as origens dos pilotos destas aeronaves. Alguns deles, ampliando consideravelmente as antigas lendas sobre a Atlântida, sugerem que os UFOs pertençam a uma civilização submarina, que a exploração oceanográfica moderna até hoje não detectou. Outros chegam a especular que os veículos vêm de uma parte oca da Terra, que os geofísicos também têm certeza que não existe. E ainda garantem que os UFOs seriam pilotados por seres que vêm de planetas próximos da Terra, com a capacidade de se esconderem no chamado hiperespaço. Há teorias para tudo, e é importante frisar que muitos ufólogos as apóiam atualmente. Jacques Vallée, um cientista francês que passou a se interessar pelo assunto no início da década de 60, teceu uma teoria conspiratória segundo a qual o Fenômeno UFO se deve a uma organização internacional que viria operando secretamente desde o final da Segunda Guerra. De acordo com o elaborado enredo imaginado por Vallée, hoje abandonado, essa singular agência utilizaria o que se denomina tecnologia psicotrônica, uma combinação de hipnotismo e tecnologia para pré-programar pessoas suscetíveis para terem experiências com UFOs, espaçonaves que Vallée julga reais. Essa trama descrita por ele implicava em levantar a teoria de que os UFOs seriam armas sofisticadas, terrestres ou não, pertencentes às grandes potências. Mas há ainda muitas outras versões e variados ufólogos chegam a afirmar que existe uma espécie de governo paralelo mundial, para os quais os mistérios dessas naves são conhecidos e geridos. Ufólogos mais ousados sugerem até que existam membros desse governo paralelo que esperam obter vantagens tecnológicas estudando as naves desses pretensos invasores alienígenas. Pode parecer muito imaginativa essa teoria, mas também se pode verificar, no momento, que as ocorrências extraordinárias que passaram a existir desde a atual crise de terrorismo, lançada mais diretamente por facções tribais do Afeganistão, de certa forma anulam qualquer possível interferência extraterrestre. As grandes potências estão apavoradas com o desdobramento dessas ocorrências, e é evidente que nenhuma delas se sente protegida por prováveis ETs, que possam ter feito algum conluio especial com elas. Com o meio ufológico abarrotado de teorias, não chega a surpreender que muitos pesquisadores ativos façam questão de manter a nossa consciência aberta a esses problemas. O professor Michael Swords, da Universidade do Michigan e antigo editor do Journal of UFO Studies, chegou a afirmar, em 1989, “que o fenômeno dos UFOs está destinado a produzir descobertas cientificamente importantes, e que todas as teorias eram prematuras”. Swords insistia num ponto sobre Ufologia: “Deixemos os fatos falarem, e não as opiniões”. Os UFOs, como decorrência lógica de serem visitantes alienígenas, tocam cordas sensíveis da psique humana – sensíveis e essencialmente contraditórias. Não deixa de ser agradável para nós encontrar outros seres inteligentes na galáxia, se eles forem benignos, prestativos ou até messiânicos. Por isso vemos sua vinda ao nosso planeta como prenúncio de uma grande aventura. Mas ao mesmo tempo nós os tememos, pois o desconhecido é intrinsecamente atemorizante. A própria idéia do advento de intrusos extraterrestres pode provocar xenofobia em estado puro em segmentos da humanidade. Muitos pensam na hipótese de nossos visitantes não serem amistosos, deles não serem exatamente a promessa de um início, mas de um fim. A cultura popular, notadamente através do cinema e dos livros de ficção científica, reflete bem essa ambivalência. Vejamos, por exemplo, o clássico A Guerra dos Mundos, em que humanos rastejam diante da destruição trazida pelos marcianos em suas naves, com a emissão de crescentes raios mortíferos. Já em Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de 1977, a nave assassina dá lugar a um grande festival feérico em que pequeninos seres benignos comunicam-se musicalmente conosco e sugerem uma série de aventuras fantásticas. No encantador filme ET, de 1982, aquele ser alienígena, com sua alma afetuosa, é contraposto à crueldade de alguns humanos. Em Os Vampiros Invadem a Terra, os visitantes são ao mesmo tempo maus e bons. Começam a usurpar corpos humanos, mas depois se descobre que são viajantes inofensivos, obrigados a descer na Terra para reparos. Ainda não se pode dizer, com certeza, que saibamos a verdade sobre os ETs e suas intenções. Porém, a forma como eles são imaginados pode revelar verdades sobre nós mesmos. Pelo que se sabe, não existe até hoje fotos comprovadas de seres alienígenas, e de suas naves. Mas há muitos esboços, feitos pelos próprios contatados ou visionários, desenhados por artistas que seguiram suas descrições. Na tipologia de seres extraterrestres e seus veículos já existe, atualmente, uma extrema diversidade de formatos. Há diferenças consideráveis entre alguns e, também, características bastante comuns entre muitos deles. Numa edição especial da Time Life Books, intitulada O Fenômeno UFO, inúmeros esboços desses tipos de seres e suas naves são apresentados em profusão. Em incontáveis documentários de tevê, relatos de testemunhas, livros sensacionalistas, manchetes de tablóides, filmes sobre supostas autopsias de extraterrestres, entrevistas com pessoas raptadas etc, sempre emerge aquela figura constante de um “extraterrestre padrão”. Ele nos é apresentado pequeno, frágil, pálido, com olhos e cabeças grandes, em sua maioria consistindo em pequenas variações do protótipo do corpo humano. O mito de que a forma desses seres em outros planetas deve ser semelhante a dos seres humanos, foi em parte estimulado pelos extraterrestres representados nos filmes. Não obstante muitos dos contatados terem alegado relações sexuais com ETs, inclusive mulheres que disseram ter sido possuídas à força, o fato é que em boa parte dos desenhos exibidos desses seres raramente se nota uma diferenciação nítida de sexos. Eles se mostram, na maioria dos casos, como assexuados. A roupagem uniforme que apresentam impedem, em quase a totalidade dos casos, a perfeita visualização de diferenças morfológicas. É interessante também notar o grande volume craniano, que se vê constantemente nos desenhos de ETs, e que faz supor que os contatados deviam imaginar que isso era devido a um maior grau de inteligência dos ETs. A esse respeito é conveniente ressaltar que o tamanho da cabeça (pressupondo um cérebro maior), não tem nenhuma influência em se ter mais ou menos inteligência. O cérebro como a neurociência vem constatando é mais mutável do qie pensamos. Mesmo na nossa maturidade ele pode renovar-se – um fato surpreendentemente contrário a um dogma secular entre os neurologistas. Têm sido intensas as discussões entre pesquisadores que tentam determinar com precisão o que foi esse ou aquele caso relatado. Nas raras ocasiões em que há disponibilidade de evidências físicas – quando o objeto é encontrado, por exemplo, e se verifica tratar-se de um fragmento de satélite –, o mistério pode ser considerado resolvido. Só que, na maior parte dos casos, as observações de UFOs não possuem chaves tangíveis, pois se apóiam apenas em relatos de testemunhas ou exibição de fotos, em que grande parte é considerada falsa. Nessas ocasiões, intervêm dois elementos complicadores. O primeiro é a confiabilidade da testemunha, pois mesmo quando são consideradas confiáveis, em geral é difícil ou impossível reconstruir exatamente o que foi visto. O ato objetivo físico de ver pode ser profundamente diferente do ato subjetivo de interpretar o que foi visto. O observador normalmente forma juízos até no ato de observar – juízos esses que depois podem se alterar com o correr do tempo, ao passarem pelo filtro distorcido da memória. Outro fator complicador é a linha de ação do estudioso envolvido no caso. As conclusões de céticos relutantes e de pessoas que acreditam piamente na existência de UFOs são inevitavelmente distintas diante de um caso ambíguo. Isso não impede, entretanto, que um número extremamente elevado de pessoas acredite nesses objetos. Se pressionados, muitos dos que crêem nos UFOs dirão mesmo que já viram um. Uma pesquisa do Instituto Gallup, nos Estados Unidos, em 1987, demonstrou que 49% dos norte-americanos informados sobre a questão acreditavam na existência de naves alienígenas. 30% achavam que elas eram imaginárias, e 21% mostravam-se indecisos. Em pesquisa anterior, verificou-se que um em cada 11 norte-americanos adultos diziam que realmente haviam visto um UFO. Em 1996, a última pesquisa do Gallup quanto ao assunto determinou que pouco mais de 50% dos norte-americanos acreditavam em UFOs. O interessante é que a pesquisa também revelou que 72% dos entrevistados acreditavam que existia vida no universo, e mais de 71% dessas pessoas julgavam que o governo escondia informações sobre o assunto. Muita gente vê os UFOs exatamente como os veículos que são descritos na maioria dos filmes e livros de ficção científica: naves espaciais que transportam seres extraterrestres pertencentes a mundos tecnologicamente desenvolvidos. Ao longo dos séculos, essas visões adquiriam entidades diferentes, reveladoras do imaginário de cada época. Na Antiguidade, por exemplo, as pessoas entendiam os UFOs como carruagens divinas. Já no século XIX, viam dirigíveis sob a forma de charutos. Atualmente, os observadores presenciam as mais variadas formas de veículos, muitos até já conhecidas como naves-mãe. Desde as épocas mais remotas até a atual, um fato constante permeia essas visões. Os seres humanos olham para o céu e sentem prazer em poder penetrar no campo daqueles infinitos pontinhos brilhantes que vêem à noite, e pressentem que não estão sós na imensidão do Cosmos. A maioria de nós deseja, no íntimo, que os alienígenas sejam seres superiores, e bastante inteligentes para oferecer soluções a problemas que têm fugido totalmente ao nosso controle, fato talvez relacionado, numa constatação histórica, com nossa incapacidade ética e moral de lidar com outros irmãos aqui na Terra. Ao mesmo tempo, sentimos medo de sermos muito menos inteligentes do que os membros dessas civilizações extraplanetárias. O resultado é que nos encontramos numa situação ambígua: seremos os dominadores ou seremos os dominados? Vimos tentando descobrir quais as melhores formas de agir eticamente, mas seremos capazes disso? Nesse sentido, vale a pena comentar o que o falecido cientista Carl Sagan declarou num simpósio realizado em 1969, na Universidade de Cornell, em Nova York, sobre o fenômeno dos UFOs. A partir de diversos pressupostos lógicos, Sagan calculou quantas civilizações avançadas seriam capazes de realizar viagens siderais – cerca de um milhão. E fez a seguinte projeção: a civilização que quisesse verificar todas as outras com regularidade – por exemplo, anualmente – teria que lançar 10 mil naves por ano. “São vôos demais”, disse Sagan. “Além disso, consumiriam todo o material de 1% das estrelas do universo na produção das espaçonaves necessárias para que todas as civilizações se buscassem umas às outras. Imaginar que a Terra fora escolhida como alvo de visitas regulares é presumir que o planeta tivesse algo de único no universo inteiro. Ora, essa suposição vai de encontro à idéia de que há muitas civilizações por aí. Porque se elas de fato forem muitas, o desenvolvimento de nosso tipo de civilização tem que ser bastante comum. E se não somos bastante comuns, não haveria um número suficiente de civilizações avançadas para enviar visitantes”, finalizou, num duro ataque à crença de que os UFOs sejam pilotados por extraterrestres. Esse argumento, chamado por alguns de Paradoxo de Sagan, contribuiu para o estabelecimento de uma nova escola de pensamento na ciência, ou seja, a crença de que há vida fora da Terra, mas que os UFOs nada têm a ver com ela. Sagan, entre outros, estava convencido de que, com todas as estrelas do universo – “bilhões de bilhões”, dizia ele –, haveria uma enorme probabilidade de existir civilizações altamente desenvolvidas. Ele simplesmente duvidava, no entanto, que “emissários dessas civilizações cultivassem o hábito de vir passear em fazendas isoladas ou descer em rodovias desertas, como tantas pessoas alegavam”. Essa linha de pensamento teve um efeito salutar sobre os estudos ufológicos, já que contribuiu para separar os pesquisadores apenas desejosos de identificar objetos voadores não identificados, dos que queriam identificar os tripulantes. Além disso, deu aos cientistas a oportunidade de buscar vida inteligente no universo, livre do estigma associado à Ufologia. De fato, na década de 1970, houve um crescimento da energia científica aplicada ao que ficou conhecido como Projeto Seti ou Search for Extraterrestrial Intelligence [Busca por Inteligências Extraterrestres]. O que chama a atenção, no entanto, é que apesar dos radioastrônomos estarem fazendo minuciosas varreduras em busca de ondas de rádio provenientes de estrelas num raio de 100 anos-luz em torno da Terra, eles não encontraram absolutamente nada. O nosso planeta vem emitindo radiação eletromagnética nos últimos 50 anos e em conseqüência, formou-se em volta da Terra uma esfera com um raio de 50 anos-luz, que se expande na velocidade da luz. Essa esfera em expansão contém um vasto corte transversal representativo das realizações culturais do planeta. Qualquer outro mundo que estivesse a 50 anos-luz do nosso conseguiria detectar nossos sinais. “É intrigante, então, que não tenhamos registrado nenhuma emissão extraterrestre”, diz o físico Michio Kaku, autor de inúmeros livros sobre o hiperespaço e da Teoria da Supercordas. “Mas isso não está impedindo as pessoas de especular sobre o aspecto de outros seres”. A humanidade vem se convencendo há algum tempo de que devem existir outras culturas e que existem tempos futuros. Essa confiança no amanhã ficou perfeitamente ilustrada quando se enviou pelo espaço a Cápsula do Tempo, como já focalizamos. Fizemos isso porque sabíamos que o futuro seria diferente do presente e que as pessoas do futuro gostariam de ter informação do nosso tempo, assim como nós temos curiosidade em relação ao tempo de nossos antepassados. Havia algo de muito mais fascinante naquele gesto, eram mãos que enviavam um gesto de cumprimento para nossos descendentes. Será que realmente temos vizinhos no Cosmos? Ou será essa idéia apenas um espelho de nossas fantasias? São perguntas que sempre fazemos, porque talvez estejamos ainda na infância de nossa espécie, como crianças num quarto escuro. Ao procurarmos nos habituar a essa escuridão, sentimo-nos amedrontados. Mas ao mesmo tempo, estamos esperançosos de que alguma coisa surja para provarmos que não estamos sós. Alguma intuição nos diz que em algum lugar no espaço devem existir seres semelhantes a nós, talvez até mais sábios, com uma moral e ética bem superior à nossa. Sentimos necessidade de crer. Alguns cientistas afirmam que estamos sós, que a inteligência humana é produto tão sutil e intrincado que seria impossível sua repetição em outro lugar. Enquanto isso, outros afirmam que o universo deve estar repleto de diferentes formas de vida inteligente. Pensar que somos os únicos neste universo parece ser até um absurdo, um egocentrismo cósmico. Aprofundando-nos no mistério do Cosmos encontramos evidências nos buracos negros, cujos campos gravitacionais têm tamanha intensidade que absorvem totalmente a própria luz e deformam o contínuo espaço-tempo. Alguns astrônomos teorizam que vários deles formariam uma rede de túneis chamados de buracos de minhoca, portas de entrada para outros universos ou dimensões.. Seriam passagens onde regras conhecidas do espaço e tempo, causa e efeito, não vigorariam. A ciência já nos permite imaginar ainda N que alienígenas possam percorrer esse caminho para encontrar-se, instantaneamente, em algum outro lugar, em algum outro tempo.
fran_clauss@hotmail.com
Junho de 2005


22/4/2007

Para quem tem orkut e quiser conhecer o nosso trabalho com os interplanetários basta acessar:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=11159921
abraços
Esdras
esdras.almeida@superig.com.br

20/4/2007

[International-UFO-Report] "Navio-fantasma" australiano intriga equipes de resgate
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2007/04/20/295441267.asp

Guarda costeira encontra "iate fantasma" na Austrália
http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u61949.shtml

UNA SOLUCIÓN MATEMÁTICA PARA OTRAS DIMENSIONES
http://www.amazings.com/ciencia/noticias/200407d.html

19/4/2007

"Janela Sideral":
http://ordoilluminatorum.net/windowsid/index.htm

18/4/2007

Vídeo de OVNI vazado pela Força Aérea Italiana
Este impressionante video de um OVNI supostamente vazou por uma fonte da Força Aérea Italiana. Provavelmente não tem origem alienígena. Se for verdadeiro coloca questões muito interessantes sobre o que os governos e militares andam fazendo em segredo de seus cidadãos.
http://www.youtube.com/watch?v=bGKPN_Lqs_w&eurl=http%3A%2F%2Fz001%2Eig%2Ecom%2Ebr%2Fig%2F51%2F24%2F122072%2Fblig%2Farea51%2F
Eig%2Ecom%2Ebr%2Fig%2F51%2F24%2F122072%2Fblig%2Farea51%2F

17/4/2007

Já está no ar quatro vídeos novos para download em PAINEL OVNI, TRIÂNGULO DAS BERMUDAS, exibido pelo canal National Geographic Channel. Para fazer download, clique com o botão direito de seu mouse sobre as figuras e selecione "Salvar destino como...". Veja na página 15 de "Vídeos Ufológicos" em "Multimídia":
http://www.painelovni.com.br/
Veja também:
PAINEL OVNI TV:
http://www.painelovni.com.br/tv
PAINEL OVNI ORKUT:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=12746768
PAINEL OVNI LISTA:
http://br.groups.yahoo.com/group/painelovni/
PAINEL OVNI BLOG:
http://painelovni.zip.net/
Um abraço a todos
REINALDO STABOLITO
stabolito@uol.com.br

16/4/2007

Fonte permite a ilusão de controlar e reverter o tempo

Os arquivos secretos dos ETs no mundo
http://www.terra.com.br/istoe/

Esta mensagem de informação sobre "ETs"..., não é teoria, nem hipótese. É conhecimento cósmico puro (quem tiver ouvidos para ouvir, que ouça".. olhos para ver...!) - A mensagem anterior foi sobre 2 classificações gerais de"ETs." - Percebendo, pela leitura de vossos textos a distorção geral quanto aos fundamentos básicos dos contactos com esses seres, posso informá-los, que além da forma de contacto abusiva anteriormente citada - feitas por seres maus que rondam pelo planeta atraídos pelas vibrações energéticas planetárias negativas, ora predominantes, há outras formas de contactos, que naturalmente são mais raras, devido a dissintonia dos terráqueos para essas vibrações mais elevadas. Vibrações pesadas, densas, "contaminam", são difíceis até para "ËTs", seres "mais iluminados". Temos atualmente no planeta a forma de saber, na nossa ciência; falta quase que totalmente a forma ser, na ciência materialista, arrogante, como resquício do geocentrismo ("nós eramos o centro do universo"!), antropomorfismo (nos somos a imagem de "Deus"...quem sabe somos Deus, então...! - a realidade cristalina sobre isso poderá ser dita mais tarde). Adiantando algo, que também se interliga com o tema de hoje: Houve época que humanos (aí sim, literalmente humanos), possuiam mais sentidos normalmente (hoje quem tiver ainda que algum resquício deles, é chamado PARANORMAL. Tais sentidos: Telepatia, clarividência, clariaudiência, etc., estão lógicamente presentes nesses seres...Até a próxima, por ora já podeis tirar algumas conclusões sobre a realidade dos contactos cósmicos.
Santram
santram@brturbo.com.br

Incrível vídeo de disco voador na Itália?

Histeria coletiva afeta 600 meninas no México: a conexão OVNI

15/4/2007

Estrada de ETs atrai curiosos e turistas nos EUA
http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI1547123-EI8255,00.html

Dia da Transformação Planetária
http://www.svmmvm.org/pages/flat_tab_long_indexpag.html

Francia abre sus archivos
http://www.terra.com.br/istoe/1955/ciencia/1955_arquivos_secretos_ets.htm
Anselmo
ancorol@yahoo.com.br

14/4/2007

De: Anderson Sartori <
sartori@visao.com.br>
Para: TERRAQUEOS@SMTP.FNS.MATRIX.COM.BR
Interação da Quarta Dimensão

Os arquivos secretos dos ETs no mundo
http://www.terra.com.br/istoe/

Cor local: plantas sob sóis extraterrestres poderiam ter uma variedade de nuançasEstudar como a fotossíntese funciona na Terra ajuda cientistas a prever a existência de plantas negras e uma flora exótica em outros planetas
http://www2.uol.com.br/sciam/

Nasa anuncia arquitetura lunar
http://www2.uol.com.br/astronomy/noticias/nasa_anuncia_arquitetura_lunar.html

Coleção UFOLOGIADVD 1: AS FORÇAS ARMADAS E O FENÔMENO UFO - EXTRATERRESTRES ENTRE NÓS? - LEGISTA ANALISA NECROPSIA DE ET
DVD 2: VIMANAS - INCRÍVEIS MÁQUINAS VOADORAS - VISITANTES ESPACIAIS?DVD 3: A LUA E SEUS MISTÉRIOS - MENSAGENS EXTRATERRESTRES
DVD 4: O QUE SÃO ENTRANTES? - ENTREVISTA COM CLAUDEIR COVO - 45 ANOS DE PESQUISAS - VOCÊ JÁ FOI ABDUZIDO?
DVD 5: PSICOLOGIA DA ABDUÇÃO - PSICOLOGIA DA HIPNOSE
Veja em:
http://www.dvdsvidainteligente.blogspot.com/

13/4/2007

EXCLUSIVO, CONTACTADO COM SERES ESTRA TERRESTRES. CONTA TUDO O QUE SE PASSA COM ELE ! ! ! no site -
http://www.afundacaoparaavida.org/

Erro humano levou ao fim de missão de 10 anos em Marte
A Global Surveyor enviou à Terra cerca de 240.000 fotos, incluindo as primeiras imagens detalhadas de redemoinhos de poeira e gargantas no solo marciano
Associated Press
Fonte:
http://www.estadao.com.br/ciencia/noticias/2007/abr/13/209.htm

12/4/2007

Telescópio espacial detecta eclipse de buraco negro
Com o eclipse, astrônomos foram capazes de estimar o tamanho do disco que cerca o astro, avaliando tempo que a radiação emitida levou para reaparecer
Fonte:
http://www.estadao.com.br/ciencia/noticias/2007/abr/12/252.htm

Japão espera que sonda danificada traga dados de asteróide
A Hayabusa, com retorno à Terra previsto para 2010, conseguiu se aproximar do asteróide, a despeito de um vazamento de combustível e outros problemas
Associated Press
Fonte:
http://www.estadao.com.br/ciencia/noticias/2007/abr/11/342.htm

Fotografia da Agência Espacial Européia mostra a atmosfera do planeta Vênus, vista próximo à linha do Equador
Fonte:
http://www.folha.uol.com.br/

Muito se fala em Luz e em Iluminação espirituais nos dias de hoje, em que a Internet facilita as comunicações, gerando troca de informações em volume sequer sonhado pelos místicos da antiguidade. Muitos se apresentam como Iluminados e outros colocam mensagens em listas de discussão sempre precedidas de "Saudações da Luz" ou algo parecido. Outros tantos pretendem estudar, de forma teórica, a natureza da Luz, a fim de se apresentarem como detentores de conhecimento superior, mas muito poucos se preocupam com a verdadeira natureza da Luz, com seu real significado e com sua utilização no Plano Terra, que é onde vivem todos os que discutem esse tema. Na Eternidade a Luz não é "estudada" ou discutida, é vivenciada em sua plenitude e é precisamente nisto que se resume o regosijo dos entes que ascenderam a tal plano.Visite:
http://macarlo.com/novaera/illuminati.htm

11/4/2007

Água pode ser comum no universo, sugere descoberta -
da France Presse, em Washington
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u16279.shtml

10/4/2007

Demonstração de Raio da Morte

Exército americano interessado em disco voador inglês

Alienígena em conserva

Nancy Talbott, o T de BLT, divulga "anomalias fotográficas" nada surpreendentes:
http://www.bltresearch.com/eyewitness6.htmlIncluem fios de cabelo e objetos diversos à frente da lente (menos de dez centímetros) refletindo a luz do flash, gotas d'água na lente, orbs e afins. A única foto mais interessante exibe um disco, mas provavelmente é um disco pequeno lançado ao ar.Mais imagens e, claro o DVD, podem ser COMPRADOS no sítio oficial de Col de Vence:http://www.coldevence.com/
Talbott já havia se envolvido com o charlatão holandês Robbert van den Broeke, que posteriormente divulgaria fotos ridículas de aliens,http://www.ceticismoaberto.com/news/?p=357que foram reproduzidas pelo leitor Diogo Gonçalves com folhas de papel.http://www.ceticismoaberto.com/news/?p=484
Mas na ocasião, Talbott não havia divulgado a fraude óbvia em si mesma. Isso ela parece fazer agora no caso de Col de Vence.O L de BLT, Levengood, também já havia comprovado "anomalias" nos lençóis queimados do charlatão Urandir.Para quem não se lembra, a "equipe BLT" produziu os "estudos científicos" que supostamente comprovariam anomalias nos círculos ingleses. Mori

Lamento que alguns de meus amigos e outros irmãos não me conheçam muito bem, mas posso assegurar que dificilmente venho a enviar uma mensagem, informação e etc a não ser que esteja seguro da fonte e autenticidade. Este é mais um caso o qual também estou estupefato pela natureza da notícia que passaram agora pouco diretamento do Rio, a autenticidade fidedigna da informação que lhes passo agora: "Hoje, dia 26 de Março de 2007 nasceu no Estado do Rio de Janeiro uma criança, uma menina, com as mãos justapostas, em forma de oração. Logo após o parto, os médicos vieram a decidir "desgrudar" as mãos da menina e assim procederam. Ao abrir ou descolar as mãos puderam ler claramente juntamente com os enfermeiros a seguinte frase: "CRISTO VOLTARÁ". Em seguida, a criança deixou este mundo! E isto é tudo. "VERITAS VINCIT" (a verdade vence).
João Roberto Oliveira.
joao.roberto@inter-via.com

Ontem no programa do Jô foi entrevistado ... Luiz Fernando Bispo que acabou falando de ufologia e o Sr. Jorge Carlos Botelho que também foi mostrado uma matéria onde foi falado sobre ufologia. No link abaixo estão as duas entrevistas.
http://video.globo.com/Videos/Busca/0,,7959,00.html?t=Programa+do+J%C3%B4
Paola Lucherini Covo -

mais um hoax???
(...) "Se a abelha desaparecer da superfície do planeta, então ao homem restariam apenas quatro anos de vida. Com o fim das abelhas, acaba a polinização, acabam as plantas, acabam os animais, acaba o homem"... (Albert Einstein)
http://www.ambientebrasil.com.br/noticias/index.php3?action=ler&id=30437
É isso aí minha gente. Se for verdade.... EXCLUSIVO: Sumiço de abelhas nos EUA e na Alemanha preocupa apicultores brasileiros -
Nilvio Almeida
nilviobr@yahoo.com.br

9/4/2007

Os informo que desde ya tenéis disponibles en nuestra web (Años Luz)
http://aluzinformacion.com/ todos los documentos desclasificados hasta ahora por el GEIPAN (CNES) francés y que os podéis bajar cómodamente hasta vuestro PC, además recordaros que tenéis los desclasificados ovni del Mando Operativo Aéreo español (MOA) y desclasificados ovni de otros países, otras materias, etc.

Rio de Janeiro, junho de 1970: uma nave espacial cai no mar e levanta vôo deixando um rastro luminoso... Peruíbe - Estação da Juréia - São Paulo - Maio de 2004 - Abaixo da elevação conhecida como Pedra da Serpente, um morador avista uma nave saindo da terra em direção ao mar. Fonte: Revista Destino

A Radioestesia, considerada como a técnica da sensibilidade a radiações, poderia ter aplicação direta na Ufologia?
GUILHERME PAULA DE ALMEIDA
roqueiro14bis@yahoo.com.br

Ciclo de Palestras – EXOBIOLOGIA - Horário: 15:00 horas - Local: Centro Cultural Inamar / Diadema - SP - 16 de Junho de 2007: EXOBIOLOGIA – Vida Extraterrestre no Universo - 28 de Julho de 2007: EXOBIOLOGIA – A Revelação (Questão marciana, exoplanetas e Drake). - 25 de Agosto de 2007: EXOBIOLOGIA – O Contato Extraterrestre (Projeto SETI e a questão dos FANI – Fenômenos Aéreos não Identificados) - INFORMAÇÕES: Centro Cultural Inamar - Rua Antonio Sylvio Cunha Bueno, 1322 – Jd Inamar / Diadema - SP - e-mail:
ccinamar@diadema.sp.gov.br fone: (0xx11) 4043-5476

França libera arquivo de Ovnis; veja alguns casos -
Lúcia Jardim - Direto de Paris
Caso de Trans en Provence, 1981
Vôo da Air France, 1994
Caso de Cussac, 1967
Caso de Royan, 1985Caso de Cergy Pontoise, 1979

Fonte:
http://www.agoracosmopolitan.com/home/Frontpage/2007/02/22/01358.html
Cientistas analisam amostra de DNA de um suposto "ser humano" extraterrestrepor Jan Singh

Ex Governador disse que viu um UFO - Fonte: Blog de Anderson Cooper - CNN
http://www.cnn.com/CNN/Programs/anderson.cooper.360/blog/

8/4/2007

CABEÇA-DE-CUIA, MONSTRO OU ET? (Livro 2002). Este é uma lenda genuinamente piauiense, embora se achem nela algumas semelhanças com outros entes misteriosos. Assim, a maioria esmagadora das pessoas de outros estados do Brasil não conhecem a personagem folclórica nem a tragédia de sua vida. Ei-la: Há um bairro em Teresina, capital do estado do Piauí, localizado no encontro das águas do Rio Parnaíba com o Rio Poti. Trata-se do Poti Velho. Foi o primeiro núcleo populacional da cidade de Teresina. E foi lá que tudo se passou. Parece que a lenda, ou o que quer que a formaou, ocorreu por voltsa de 1800. O então lugarejo era uma vila de pescadores. Ali vivia também um pescador de Nome Crispin e sua velha mãe. Após uma pescaria fracassada, Crispim foi repreendido por sua mãe. Não trouxera peixe e a única coisa que havia para o almoço seria um "corredor" de boi (um fêmur). Irritado, Crispim se descontrolou e retirou o "corredor" da panela quente , e com ele, arrebentou a cabeça de sua mãe. Agonizante no chão, a velha lhe proferiu uma maldição: se transformaria num monstro aquático, solitário e agressivo. Só desencantaria após devorar sete "Marias virgens"... Crispim caiu na real e lamentou o matricídio. Então se transmudou no ente aquático que passou a ser conhecido como Cabeça-de-cuia: corpinho raquítico, pele lodosa e cabeção ovóide. Passou a viver no encontro das águas dos rios Parnaíba e Poti. Vira as canoas de seus antigos companheiros e depois os mata afogados. Assusta as lavadeiras e banhistas. Antigamente, muita gente não banhava no local, por medo do duende. O bairro Poti velho, onde abunda a argila, é um centro cerâmico com centenas de oficinas, que produzem jarros, potes, filtros, decorações, estatuetas, etc, muito visitado por turistas. Como os turistas não conhecem a imagem do Cabeça-de-Cuia, ao ver suas estatuetas, dizem uníssonos: É o et! No nosso estudo descobrimos, entre outras coisas, que o Cabeça-de-Cuia, embora seja um ente aquático, é também um ser ígneo, ou seja, ligado ao fogo. As vezes aparece como uma luz misteriosa deslizando no rio. Achamos reflexos também afastados do Poti Velho, inclusive no Delta do Parnaíba. Mas, quanto mais nos afastamos de Teresina, o Cabeça-de-Cuia vai perdendo suas características originais. Também achamos alguma relação entre o nosso duende e o Caipora. E ainda em relação a seres folclóricos de Portugal. O que seria o nosso Cabeça-de-Cuia? Um simples mito? Uma alegoria? Um ET? Um ser criptozóico? O certo é que, dizem os maliciosos, até hoje o Cabeça-de-Cuia procura sete "Marias virgens" para desencantar... abraços - Reinaldo Coutinho

Livro Inédito - Arlene e Lucia Garcia -
Laurence Gardner - Os Segredos Perdidos da Arca Sagrada -
versão doc, pdf e txt
http://www.esnips.com/web/ViciadosHistoria

OVNI Catanduva so SUI -
Acessar link :necessário ter Real Player.
http://www.clicrbs.com.br/rbstv/jsp/default.jsp?programa=2&nome=jornaldoalmoco&pSection=257&groupid=212&uf=1&local=1
jornaldoalmoco&pSection=257&groupid=212&uf=1&local=1

7/4/2007

Os Filhos de Deus - transcripta a:
http://otrogenesisposible.blogspot.com/

Freddy Silva: www.
invisibletemple.com/lectures.html

Australiano afirma ter feito sexo com ETs e recolhido material para teste de DNA

Agora Cosmopolitan relata o incrível caso de Peter Khouri

O porque faço parte do grupo UFOBRAS. - No ano de 1978 a 1979 eu fui militar da força aérea brasileira, em Florianópolis, e lá morei 12 anos, nasci em Gravatal SC, onde moro atualmente em um sítio de 2 hectares, com matas nativas nascentes e uma bela fauna, Gravatal tem uma instância termal com vários hotéis do ramo. Quando estive na aeronáutica, como eu era eletricista na época e hoje sou eletrotécnico, trabalhei fazendo alguns serviços nas casas dos oficiais pilotos, e facilmente fiquei amigo destes oficiais, e eles me mostraram várias fotos de ufos (algumas incríveis que eles mesmo fotografaram) de seus arquivos pessoais, e sempre me pediam para guardar segredo destas fotos que eles possuíam. E no ano de 1986 eu mesmo ví um disco voador, parado por mais de quinze minutos, era enorme, alaranjado e com mais de 100 metros de diâmetro, foi num domingo as 22:30 hrs, no mês de julho, fazia muito frio naquela noite, e só eu e um guarda noturno vimos, pois o pessoal estava dormindo, ele estava ao lado de uma torre de rádio AM, totalmente parado e dava para ver a cúpula, então depois de tempo apagou por completo, fiquei muito assustado pois ele era enorme demais e eu estava a mais ou menos uns 200 metros do avistamento. Esta torre fica em Tubarão SC, em um terreno de criação de gados, a 4 anos atrás eu voava de paramotor (parapente + motor - aquela geringonça com um motor nas costas) e queria sobrevoar o local para ver como seria o ângulo de avistamente e etc, adivinhe o que eu vi lá de cima, ele estava parado em cima de um triângulo de terra, este triângulo é bem grande um dos lados talvez medindo uns 20 metros, e uma saliência de 1 metro, e eu pergunto a vcs, o que tem em baixo deste triângulo? certamente nem eu sei! O que deveria eu fazer? passar um localizador de metais pelo triângulo todo seria ótimo não acham? atualmente sou operador de usina termoelétrica, em Capivarí de Baixo SC, aqui temos o maior complexo termoelétrico da américa latina, temos 7 usinas térmicas, e vários avistamentos próximo a nossa usina, e já foi motivo de pauta de reunião, alguns céticos nesta reunião deram umas belas risadas, mas temos até filmagem feito de dia de um ufo circulando a nossa chaminé, que tem 200 metros altura e da usina nova com 250 metros de altura. Amigos estes são os meus casos dentre outros, como telepatia por exemplo, alguém falou comigo telepaticamente e me chamou pelo meu nome D-I-L-N-E-I, o som foi puro sem dialétos e muito alto, e incrivelmente no lado direito do cérebro, eu me borrei todo, fiquei tão assustado que a entidade comunicante interrompeu o contato (lembram do filme que um et entra em contato por telepatia com um senador americano na área 51, é apavorante mesmo). Acredito que estas naves provém de outros planetas, do centro da terra, dos mares e também do futuro, isso mesmo gente, o futuro nos visitando, afinal tudo é pura energia, mais nada, nós somos um amontoado de átomos, e o espaço do núcleo com os elétrons, um grande vazio, assim como o nosso universo. É isso colegas do grupo UFOBRAS. Abraço a todos. Atenciosamente, Dilnei Zapelini

6/4/2007

Aqui tratamos dos mistérios envolvendo os mundos subterrâneos e seus povos.Lendas e estórias sobre civilizações subterrâneas têm atravessado os séculos. Conta-se que alguns povos foram forçados a se mudar para o subsolo por conta de catástrofes naturais, guerras ou outros fatos que desconhecemos. Apesar da arqueologia já ter nos fornecido alguma confirmação a esse respeito, a maior parte ainda permanece no ramo das tradições. No entanto, algumas tradições possuem pontos que valem a pena ser levados à sério e são merecedores de nossa atenção.
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=29690197

LEIA MATÉRIA NA ÍNTEGRA E VEJA DETALHES DAS FOTOS:
http://www.viafanzine.jor.br/site_vf/ufovia/casuistica.htm

Prezados amigos: A TV INFA acaba de por no ar mais uma gravação: PILOTO FILMA UM UFO.
http://www.tvinfa.com.br/ Claudeir e Paola

5/4/2007

As 20 horas de 18 de janeiro de 1644 produziu-se, na cidade de Boston (EUA) um incrível fenômeno ufológico. Várias pessoas dos prédios de um quarteirão à beira mar viram uma luz imensa no céu, logo acima do horizonte. Minutos depois, outra luz idêntica apareceu, e as duas passaram a fazer um jogo de gato e rato, lutando entre si. FONTE: O LIVRO DO INEXPLICÁVEL (Jacques Bergier)

Geoglifo:
http://www.youtube.com/watch?v=asG_Ttp8RBk

Astronomy Brasil - Reportagem - edição 12 - Abril 2007 -
COROT inicia busca de planetas extra-solares - Programa que tem participação brasileira estimula segunda geração de projetos para identificação de mundos como a Terra. por Lucas Telles.
Fonte:
http://www2.uol.com.br/astronomy/reportagens/corot_inicia_busca_de_planetas_extra-solares_4.html

4/4/2007

Neste sábado, dia 28 de abril de 2007, a equipe PAINEL OVNI TV esteve em Varginha e entrevistou Geraldo Bichara. Para quem não conhece o Caso Bichara, veja em:
http://www.painelovni.com.br/geraldo_bichara.html

Aquecimento: Marte sofre 4 vezes mais que a Terra
Num ritmo quatro vezes superior do que o da Terra, a mudança climática também poderá afetar Marte devido à interação de dois fenômenos: a poeira levantada por ventos fortes e as mudanças na absorção dos raios solares refletidos na superfície do planeta. A informação faz parte de um novo estudo que será publicado na edição desta quinta-feira da revista científica britânica Nature.
Fonte:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI1528252-EI301,00.html

Misterios na Lua - Eu acredito sim que exista um posto avançado por lá. Eu tenho o Audio original desse dialogo que mencionou... voce pode pega-lo tb nesse site ok??
http://www.edicolaweb.net/nonsoloufo/nonsolo.htm
Nivio Almeida

3/4/2007

Actualizaciones - Ceticismo aberto
Martin Kottmeyer -
"Gauche Encounters": Filmes B e o mito OVNI
Philior -
O caso de Billy Meier: Mais provas conclusivas de fraude
Luis Ruiz Noguez -
O Primeiro Marciano
Marc Hallet -
A tal da "Onda OVNI Belga": Uma visão crítica
Egiptologia: um arquiteto francês propõe uma solução para o mistério da Grande Pirâmide - Ela teria sido construída de dentro para fora; a tese foi validada por uma animação em 3D -
Sérgio Berardinelli -
www.mastersite.com.br/Ufologia

O contato recente entre um australiano e supostos seres extraterrestres com aparência humana permitiu a realização do que parece ser o primeiro teste de DNA com material biológico exógeno.
http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/index.asp?vEditoria=&vCod=26224

OTTAWA. Um ex-ministro de Defesa canadense pediu aos governantes do mundo que revelem e usem tecnologia alienígena secreta, obtida na suposta queda de um Ovni, para amenizar as mudanças climáticas.
Um dos objetos mais estranhos do Sistema Solar teve sua estrutura esmiuçada por um grupo internacional de astrônomos. Trata-de do Antíope, um asteróide duplo -- ou seja, composto por dois pedregulhos separados girando em torno de um centro de gravidade comum.
G1 Más

2/4/2007

OVNI en Pirassununga
http://www.youtube.com/watch?v=zKbOcFD5_5E
Paola Lucherini Covo -
http://www.inpubr.com.br/ - http://www.tvinfa.com.br/

Recomendo o seguinte filme-documentário, que acaba de passar na tv a cabo Net, no canal Telecine Action: "Triângulo das Bermudas: Segredos Assustadores" - TCA 62 - Elenco: Lester Holt - Ano: 2005 - País: EUA - Nome Original: The Bermuda Triangle: Startling New Secrets - Classificação: Maiores de 13 anos - Sinopse: Documentário sobre a busca dos cientistas pela verdade escondida no mais famoso acontecimento envolvendo a região do Triângulo das Bermudas: em 1945, um grupo de aviões da marinha desapareceu durante um treinamento. Duração: 95 minutos. Julio Barone Neto
jbaronen@uol.com.br carabarone@yahoo.com.br jbaronebr@yahoo.com.br
jbaronebr@gmail.com 11040-101 Santos BR

Disso não duvido, mas que ha misterios na lua isso há...
Caso contrario outras nações não estariam tão interessadas em visita-la nos proximos anos.. Achei estranho esse video pois não existe estrelas no céu?..Ou eles(astronautas/cosmonautas) estão na parte mais clara dela??hehehe Abs Nivio Ameida
http://youtube.com/watch?v=LtGhUraVa9c

1/4/2007

Cientistas: planetas com dois sóis são comuns -
Um grupo de cientistas americanos, utilizando o telescópio Spitzer, na Nasa, afirmou que o universo está cheio de planetas com dois sóis. Segundo eles, os sistemas planetários com duas estrelas são tão abundantes quanto aos com apenas uma, como o Sistema Solar do qual a Terra faz parte, informou a Agência Fapesp nesta segunda-feira.
"Aparentemente, não há impedimento alguma para a existência de sistemas planetários em sistemas binários. Deve haver incontáveis planetas com dois sóis ou mais", disse David Trilling, da Universidade do Arizona, que coordenou o estudo, publicado na Astrophysical Journal. Segundo trabalho, dos cerca de 200 planetas além do Sistema Solar descobertos até agora, uns 50 orbitam em uma estrela que faz parte de um sistema binário.
Os cientistas se concentraram em sistemas com estrelas binárias mais próximas, separadas a distâncias que variam entre zero e 500 unidades astronômicas (distância entre a Terra e o Sol). O grupo coordenado por Trilling focou a busca em pedaços de rocha que não chegaram a se formar em planetas. De acordo com os pesquisadores, a presença desses detritos indica que o processo de construção de planetas ocorreu em torno de uma estrela, ou estrelas, possivelmente resultando em planetas maduros.
Redação Terra
Fonte:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI1522556-EI302,00.html

Edificios en la luna
http://youtube.com/watch?v=LtGhUraVa9c

Los dioses y sus máquinas voladoras
http://www.freewebs.com/hipoteseaa/flying_mach.htm
Um pouco do saber...
http://www.dominiosfantasticos.xpg.com.br/
Reinaldo Ríos presidente de OVNIS INTERNACIONAL y ahora corresponsal representando a Puerto Rico en el programa: Planeta Enigmas de Texas está en preparativos para su próxima gira la cual la meta es cubrir el mundo entero. Esta vez la concentración mayor será Roswell donde estará o participando o cubriendo el evento allí a producirse para julio de 2007. Luego visitará la Extraterrestrial Highway 375 de Nevada para establecer enlaces con la Ruta Extraterrestre PR 303 además de ofrecer charlas y recopilar informes sobre la travesía.
http://www.roswellu fofestival. com/speakers. htm

Canarias y Cádiz, los lugares donde más ovnis se han avistado
Crónicas del misterio en España 30-03-2007

Lo nuevo en Mercado Libre

GRACOP Artes Gráficas

GRACOP Artes Gráficas
Tus socios creativos

¿Cómo puedes vender y cobrar por Internet?

Dineromail, para enviar y recibir dinero via e-mail